quinta-feira, 27 de agosto de 2009

(...)




Este foi o nosso último abraço. E quando,
daqui a nada, deixares o chão desta casa
encostarei amorosamente os lábios ao teu copo
para sentir o sabor desse beijo que hoje não
daremos. E então, sim, poderei também eu
partir, sabendo que, afinal, o que tive da vida
foi mais, muito mais, do que mereci.

Maria do Rosário Pedreira

3 comentários:

Sónia Vaz Branco. disse...

lindo, tu arranjas coisas belas

Bjs

Hoje lá abriram mais duas estações, eu fui! lol

sonia

Anónimo disse...

;)

Cris

Sónia Vaz Branco. disse...

Eu fui porque sou obreira, estou numa das obras desta linha, na Alameda, parecia um casamento com tantos vestidos e gravatas...hihihihihihihihi

Sonia